sexta-feira, 30 de março de 2012

INDICADORES DE DESEMPENHO LOGÍSTICO


Os indicadores tornaram-se tão populares para controlar a qualidade da manufatura que passaram a serem usados em outras áreas para outras finalidades. Na logística, eles avaliam e auxiliam o controle da performance logística.


A busca por eficiência tem como pré-requisito a alta qualidade dos serviços prestados ao cliente final (Fleury e Lavalle, 2000). No entanto, atualmente para se atingir esse objetivo não basta apenas ter o aprimoramento das atividades internas da empresa. É fundamental também que exista um alto nível de integração entre os parceiros de uma mesma cadeia.
As empresas cada vez mais estão conscientizando-se de que não é possível atender às exigências de serviço dos clientes e, simultaneamente, cumprir com os objetivos de custo da empresa sem trabalhar de forma coordenada com outros participantes da cadeia de suprimentos (Fleury e Lavalle, 2000).
Assim, os indicadores de desempenho logístico podem monitorar a qualidade das atividades logísticas internas à empresa ou a de seus parceiros (fornecedores).
Quanto ao âmbito, podem ser:


O aprimoramento da logística interna da empresa, através da melhoria dos processos e do fluxo de dados e informações que trafegam em cada um dos departamentos e entre estas entidades há tempos vem sendo objeto de preocupação das empresas. Por isso, o monitoramento das atividades logísticas internas não é uma novidade no ambiente empresarial.
Evidentemente, dentro de uma empresa existem vários processos logísticos. No entanto, o acompanhamento de indicadores para todos eles não é recomendado, sob pena de tornar o processo de coleta de dados demasiadamente complexo e dificultar a tomada de decisões diante de informações dispersas. Aqui, os indicadores de desempenho logístico interno compreendem 4 áreas chaves:
• Atendimento do Pedido ao Cliente;
• Gestão de Estoques;
• Armazenagem;
• Gestão de Transportes.




(ADAPTADA DE DOCUMENTO DA TIPERLOG CONSULTORIA E TREINAMENTO EM LOGÍSTICA LTDA.)

A necessidade de aprimoramento das relações entre empresas de uma cadeia fez surgir a preocupação de monitoramento de indicadores de âmbito externo. Muito mais do que ferramentas de acompanhamento do serviço prestado pelos parceiros da cadeia de suprimentos para possível negociação, os indicadores de desempenho logístico externo são fundamentais para a definição de políticas e processos internos que dependem do desempenho de seus parceiros. Além disso, eles são essenciais na coordenação de políticas que garantam a competitividade da cadeia de suprimentos.




Fonte Bibligrafica:

BALLOU, Ronald H. Business Logistics Management. Prentice Hall, New Jersey, 1998.
Tiperlog Consultoria e Treinamento em Logística Ltda. Indicadores de Desempenho
Logístico. São Paulo, 2005.
AUGUSTO, Alexandre. O Foco é a Logística. Texto publicado do site Gestão
Empresarial, acessado em março de 2005.
HIJJAR, Maria F. Diagnóstico Externo do Desempenho Logístico: Utilizando Pesquisas
de Serviço ao Cliente para Identificação de Oportunidades de Melhorias. Artigo
publicado no site do CEL COPPEAD/UFRJ, acessado em março de 2005.
CONCEIÇÃO, Samuel V., QUINTÃO, Ronan T. Avaliação de Desempenho Logístico
da Cadeia Brasileira de Suprimentos de Refrigerantes. Universidade Federal de
Minas Gerais, Belo Horizonte, 2004.
BARBETA, Pedro A. Estatística Aplicada a Ciências Sociais. Editora da UFSC,
Florianópolis, 2002.

Um comentário:

  1. Boa Tarde. Parabéns pelo Blog é inteligente e de muito bom gosto. Caso possua empilhadeiras no estado ainda a serem reformadas entre em contato. empilhashop.com.br (Empilhadeiras usadas) falecom@empilhashop.com.br Muito Obrigado. EmpilhaShop

    ResponderExcluir